Monday, October 02, 2006

Liderança...

-
Liga de Honra - 5.ª jornada
-

Photobucket - Video and Image Hosting------------ 0

Photobucket - Video and Image Hosting------------ 1

-
ESTÁDIO: FC Vizela, em Vizela
ESPECTADORES: 1200
TEMPO: Chuva
RELVADO: Em mau estado
ÁRBITRO: Vasco Santos (Porto)
-
VARZIM: Ricardo; Nuno Ribeiro, Alexandre, Bruno Miguel, Telmo; Pedro Santos (Rafael Cadorin, 62'), Emanuel, Nuno Rocha (Marco Cláudio, 45' + 1'); Mendonça, Pedrinho (Diego, 84'), Denilson
-
Dúvidas houvesse quanto à qualidade da equipa do Varzim, elas ficaram totalmente dissipadas este domingo em Vizela.
Ao quinto jogo do campeonato, a turma alvi-negra reclama a liderança da Liga de Honra e 'saca' a quarta vitória consecutiva... fruto de um excelente trabalho de conjunto e da inteligência para administrar o tempo de jogo a seu favor.
Do outro lado, um adversário aguerrido que soube tomar a iniciativa do jogo mas que falhou ou no último passe ou na hora de rematar à baliza. Ainda assim dominador.
O Vizela apresentou um meio campo forte e foi despejando jogo para o último terço alvi-negro... mas tanto Alexandre como Bruno Miguel fizeram o seu papel e anularam (principalmente por via aérea) os lances de perigo da equipa às ordens de Manuel Correia.
Na resposta, o Varzim apostou na rapidez de Pedrinho (pela esquerda) e de Mendonça (pela direita) para destabilizar os laterais vizelenses. Ambos deram o 'alfa': Pedrinho primeiro, porque quando foi substituído por Diego já estava nitidamente em sub-rendimento... e Mendonça, que se aguentou em campo até ao fim do jogo, mas nos últimos 10 minutos já se arrastava em campo. Pudera... correu, correu e correu ainda mais. Foi a força motriz do ataque alvi-negro, segurou a bola, jogou e deu a jogar. Deu-lhes um baile que foi uma coisa só... sem dúvida o melhor em campo.
De resto, foi o próprio internacional angolano que conquistou o penalty (que deixa margem para discussão) que nos deu a vitória.
Agora, independentemente da falta bem ou mal assinalada, o certo é que o nosso triunfo é justíssimo. Mais que não fosse pelo esclarecimento de líder que a equipa assumiu e pelas oportunidades flagrantes que criou. E duas nos ficam na retina e ambas nos ferros: na primeira parte, Nuno Rocha bateu um livre num arco quase perfeito que ia enganando Baptista. Quase porque a bola abanou a trave e levou uma sapatada do guardião do Vizela. A outra na segunda parte, Pedrinho surge pela esquerda, entra na área, remata rente à relva molhada e escorregadia. Baptista nem a teria visto, não fosse a bola bater na base do ferro direito da baliza.
Notas positivas ainda para:
-
1. a capacidade e a entrega de Nuno Ribeiro. Jogador humilde e correcto, mas que se entregou com afinco à guarda do flanco direito da defesa alvi-negra.
-
2. a grande exibição de Telmo. Nota-se bem que o lateral esquerdo brasileiro está em grande forma. Fez uso da sua experiência e jogou duro mas limpo. Cortou quase tudo o que lhe apareceu à frente... e tudo com a maior calma do mundo,.
-
3. Pedro Santos: há duas jornadas que substitui o indiscutível Tito. E que gosto é ver o #32 rubricar exibições seguras. Horácio já sabe: se Tito não puder, Pedro Santos resolve.
-
4. Ricardo: não é de agora, mas o guarda-redes varzinista é sem dúvida um dos grandes... senão mesmo o maior capital de segurança do colectivo alvi-negro. Aquilo é uma parede. Por ele não passa nada.
-
-
Menos bem... só Denilson: uma vez mais sentiu grande dificuldade em se posicionar para receber jogo. Mas o espaço que ocupou entre os centrais vizelenses dificultou-lhes a tarefa. Só isso.
Ah... e marcou o penalty. De resto, mostrou ainda muito pouco do goleador que era na época passada em Espinho.
-
-
ARBITRAGEM: O estreante Vasco Santos mostrou que era exactamente isso: um estreante. Tentou mostrar que ele é que mandava no jogo, exibindo um excesso de cartões amarelos. Tudo bem: o árbitro deve mandar na partida... mas assim?? Pode vir a ser um grande juiz da bola, mas este domingo em Vizela esteve nervoso muito nervoso o árbitro do Porto. Pesa ainda sobre ele o lance do golo do Varzim. Foi ou não penalty? A nós, o lance deixa dúvidas. Damos o benefício da dúvida. Mas os vizelenses são peremptórios: o auxiliar Bertino Miranda errou redondamente.
-

3 comments:

Tanque Silva said...

O Varzim esta fortissimo e passo a passo ja esta lá na liderança . De facto este ano a Liga de Honra esta muito forte e competitiva. Pelo que me lembro deve de ser dos anos com uma divisão com tao boas equipas . Vamos ver o que vai dar

Black & White said...

É verdade... vamos ter uma Liga de Honra com muito nível... boas equipas, quase todas elas apostadas na subida. O Varzim ainda não assumiu a candidatura. Mas se continuar assim, vai ser dificil conter o discurso.

Um abraço

www.antiuniaodeleiria.blogspot.com said...

1200 espectadores? Quase o dobro dos jogos do Leiria...