Wednesday, September 27, 2006

A violência? Quando tem de haver...há !

No seguimento do que temos feito, hoje vamos apresentar uma entrevista apresentada na Revista Ultra...Um Modo De Vida de Abril/Maio de 1996 e onde o Luis Roma faz uma entrevista a Franco Caravita, na altura capo dos Boys San , Inter de Milão. Óbviamente, e tendo sido esta entrevista a mais de 10 anos, muita coisa já mudou, mas vale pelo que vale, nem que seja pela oportunidade de muitos ultras da Nova Guarda de terem acesso a ela.
---------------
Foi logo após o final da partida Inter-Fiorentina (1-2) que me pus á conversa com Franco Caravita, 40 anos de idade, comerciante de prifissão e "capo" do principal grupo de apoio ao FC Internazionale de Milão. Pessoa simpática mas algo desconfiada, lá foi falando comigo, e respondendo a algumas perguntas que lhe fui fazendo.
Com que idade começaste a frequentar a curva?
A ver futebol, comecei muito cedo, não me recordo com que idade, mas a frequentar a curva regularmente, só a partir dos 17 anos.
Como funcionam os Boys San numa curva composta por vários grupos?
Como sabes, os Boys San são o principal grupo da curva, mas toda ela funciona como um todo. Além do nosso grupo, existem os Ultras'95, os Vikings, os Irreducibili e os Brianza Alcolica, mas quando um dos grupos começa um cântico, todos o seguem , não existem invejas, nem nada do género, em primeiro lugar está o apoi á squadra. Existem vários grupos devido a diferentes gestões, cada um é completamente autónomo, mas todos vamos ao estádio com o mesmo propósito.Claro que posso dizer que nós levamos microfone, colunas , aparelhagem e uma bateria, mas isso não é só para nós, é para todos.Para além disso, existe também um denominado Grupo Queen, que é composto por elementos da direcção e fazem segurança a própria claque.
Existem contactos entre vocês e a policia?
Sim, existem contactos, para que não hajam problemas nos espectáculos e principalmente nas deslocações.
E problemas com eles, policia ?
Bastantes...e se não houvessem contactos, ainda haveriam mais.
O que pensas da violência no mundo ultra?
É simples: quando tem de haver...Há !
Quais são as amizades ?
Ultras do Verona , Lázio e Cagliari.
E inimigos?
Ah , ah! Todos os outros! Não gostamos de muita gente!
Exieste politica na curva?
Não! Somos apolíticos.
(Sim, sim , por isso é que enquanto ia fazendo a entrevista a carecada olhava-me de lado)
Onde vão buscar o dinheiro para o grupo? Existem alguns apoios da direcção do clube?
Não , nenhuns! Somos completamente autónomos, só contamos com nós próprios e sentimos orgulho nisso! Quanto ás nossas fontes de receita são únicas e exclusivamente a venda do nosso material oficial (polos, t-shirts , sweats , pins , cachecois , etc) e ainda mil liras ( 50 cêntimos) em cada bilhete de jogo comprado á direcção da claque.
Qual a melhor recordação que tens?
Em 92, quando 36 ultras romanos foram esfaqueados aquando do jogo da 1ª mão da final da Taça Uefa (Inter-Roma).
E a melhor deslocação?
São tantas que nem dá para escolher, mas recordo com agrado a invasão a Roma para a 2ªmão desse jogo.
Qual a coreografia mais espectacular que já fizeram?
Vou responder como opinião pessoal, porque espectáculos lindos fizemos muitos, mas para mim gostei de um derby com o Milan, não me lembro o ano...em que escrevemos na Curva Norte "Vinci Per Noi" com 15000 bandeiras...magnifico.Devo dizer que o espectáculo~não foi só nosso, como não é nenhum. Todas as grandes coreografias são debatidas e elaboradas em comum, por nós, grupo principal e pelos restantes grupos.
Conta-nos um episódio cómico na história dos Boys San?
A coreografia deste ano no derby com os "rossoneri", onde junto ao varão onde acaba a curva estendemos verticalmente vários panos pretos com um buraco redondo no meio, onde vários ultras metiam o cú. Depois por cima, estendemos três faixas que diziam " O espectáculo vai começar/Olhem-se ao espelho/Seus caras de cú".
Mudando de assunto, o que achaste da Ultra...MDV?
Uma revista razoável, bem apresentada...se os textos são bons, não me perguntes, pois não percebo nada!
Conheces alguma coisa do mundo ultra portugûes?
Pouco.De nome, os principais grupos, mas qual ou quais os mais espectaculares não sei.

2 comments:

GR1904 said...

Esse capo tanto diz umas verdades como umas tantas merdas. A minha opinião dos BS baseia-se em factos que vi, por isso nao os considero ao nivel do melhor que ha em italia, muito pelo contraio. Qd foi a 1ª mao na Luz contra o inter, nenhum membro de qq claque interista esteve presente, a nao ser dois miudos que estavam a estudar por Erasmus numa faculdade de Lisboa. Na 2ª mao, em san siro, deixaram-me desiludidos. Se repararem, passados quase 3 anos, o inter veio de novo a Lisboa jogar contra os lagartos e eram meia duzia deles. Se tiverem atentos, nao sao grupo de se fazerem a estrada nas deslocaçoes ao estrangeiro. Para nao falar do facto de estarem quase sempre em protesto com as faixas ao contrario va-se la saber porque.

Tanque Silva said...

Concordo muito contigo . De facto dá impressaop que os italianos cada vez viajam menos. Conheço poucas deslocaçoes a Portugal em bom número e pelo que me lembro dos que deram ainda mais espectáculo foram os Ultras Tito quer na velha Antas quer em Setúbal . Quanto ao resto , tambem acho os grupos interistas muito fraquinhos, tendo em conta o patamar italiano, mas essa coreografia com os cús foi muito original de facto e resultou bem. Mas continuam a muitas léguas dos grupos rossoneres.